Sincronize-se

 

Mantenha contato conosco pelo

LinkedIn Synchron

NOTÍCIAS

CONTATO

Synchron Participações © - 2016

  • Wanderlei Passarella

Como Uma Onda no Mar


Há uma verdade que sempre pulsa em frente a nossa visão, mas que insistimos em menosprezar: a de que tudo é efêmero e tem prazo de validade (costumo brincar de que na vida tudo é passageiro – exceto o motorista e o cobrador... sic!). A metáfora do oceano e da onda tem sido muito utilizada para ilustrar a verdade do ciclo de nascimento, vida e morte em que tudo na natureza está submetido.

Uma primeira interpretação da onda no oceano vem no sentido da sua curta duração. Lulu Santos, inspirado, escreveu sua música com os seguintes versos: “Nada do que foi será do jeito que já foi um dia; tudo passa e tudo sempre passará; a vida vem em ondas como um mar; num indo e vindo infinito; tudo que se vê não é igual ao que a gente viu a um segundo; tudo muda o tempo todo no mundo...”.

Outra visão da onda e do mar é a que nos remete à integração de tudo. Fazemos parte de um todo orgânico, em que por trás da aparência de independência, fragmentação e divisão, há algo que nos une e inter-relaciona. Um campo, invisível assim como a gravidade e o eletromagnetismo, estaria a agir na conexão de tudo com todos. É o que a ciência vem recentemente especulando, por meio dos físicos, biólogos e filósofos da ciência como David Bohm, Rupert Sheldrake, Ervin Laszlo e outros. As ondas são representações das nossas personalidades individuais, que nascem do mar do inconsciente coletivo, mantem-se conectadas por esse “campo invisível de ordem implícita” e a ele voltam a se juntar no final.

Mas, uma terceira visão que gosto de imaginar, é a onda e o mar como um manancial de reciclagem. As ondas são repetições de um padrão de evolução. O mar é o repertório de possibilidades que se oferecem às ondas, para que possam ser criativas em manifestar esse repertório da forma como quiserem e puderem. Nesses bilhões de ondas que se formam, a composição química da água e a forma das ondas são similares, embora o desenho específico de cada uma tenha suas nuances únicas e a porção de água seja diferente.

Assim é nossa vida pessoal e profissional. Quem não se recicla não deixa que sua onda manifeste o vasto oceano que ela contém e onde está contida. Paralisa o fluxo e daí já não há paz. Porque paz é movimento criativo. O oposto de paz não é guerra, como somos levados a pensar corriqueiramente. O oposto de paz é estagnação! Uma água parada apodrece, pois não está alinhada com o movimento da vida.

Viver a boa luta é se renovar a cada instante! Nós, ocidentais, nos aculturamos a pensar numa vida boa como aquela em que há abundância de recursos físicos. - “O que você faria se ganhasse na loteria? Ah, eu iria parar de trabalhar!” – Ledo erro! Eu apenas iria trabalhar de forma diferente. Talvez fosse desengavetar alguns projetos hoje ainda paralisados por falta de recursos...

Os orientais se acostumaram a pensar numa vida de trabalho disciplinado como meio para alcançar a plenitude espiritual. É a ideia de que a ação disciplinada é libertadora e te eleva material e espiritualmente. Esses conceitos permeiam o Yoga, o Tao e o Zen. O “satori” ou iluminação é obtido primordialmente pela vivência do silêncio e meditação (ou za-zen) e pelo exercício de uma prática em que a dificuldade está não no exercício em si, mas na sua deliberada e exaustiva repetição, até que o ego abra espaço para a manifestação do ser e este se ocupe, sem mais pretensões ou tensões, do objetivo desapegado. Como na arte do arco e flecha, da esgrima, do arranjo floral ou das artes marciais.

Precisamos unir ocidente e oriente para tornar nossas vidas mais ricas. A ciência ocidental com a consciência oriental. A agudeza do pensamento racional com a abrangência da visão intuitiva. E, principalmente, a beleza da conjunção profícua da onda com o mar. Assim, sigamos com coragem, indefinida e profundamente, buscando esse ponto de transição entre uma vida profissional fragmentada para uma vida integrada, plena de sentido e significado. Como uma onda no mar!

#Legado #vidaprofissional #liderança #inspiração #movimento #carreira #independência #fragmentação #visão #todo #conexão

126 visualizações